(66) 3531-9790

Os contraceptivos hormonais combinados são o método para prevenção de gestação mais utilizado por mulheres em todo mundo. Além do seu uso para contracepção, muitas mulheres utilizam o método com o objetivo de  atingir outros benefícios como regular ciclos menstruais, controle de anemia, cólicas menstruais, cistos funcionais ovarianos, sintomas pré-menstruais, melhora de pele e pelos, entre outros.

Os contraceptivos hormonais combinados apresentam em sua composição progestágenos, responsáveis pela contracepção, e estrógenos adicionados para evitar sangramentos.

Apesar de seu uso corriqueiro , pílulas hormonais combinadas podem apresentar  um impacto na saúde das veias. Embora o risco seja muito baixo, em algumas mulheres  são capazes de aumentar a chance de desenvolver varizes e coágulos  nas pernas por alterarem  a circulação venosa e aumentarem a coagulabilidade do sangue.  Estas alterações  podem  causar problemas como a trombose venosa profunda (TVP) e a formação de veias varicosas.

É importante salientar que em torno de 4  mulheres em cada 10.000 que não usam anticoncepcionais hormonais combinados  desenvolvem trombose  a cada ano, enquanto 10 em 10.000 mulheres que usam podem desenvolver. Embora essa proporção possa ser duplicada para mulheres que usam contracepção hormonal combinada, as chances ainda são muito baixas.

Levando em consideração que  na gestação ocorrem 30 casos a cada 10.000 mulheres   e se incluirmos o puerpério a incidência será de 60 até 200 casos de eventos tromboembólicos  em 10.000 mulheres, o uso de contraceptivos hormonais na prevenção de gravidez se justifica.  É importante notar também que as atuais formulações de pílulas anticoncepcionais possuem  quantidades menores e mais modernas de hormônios.

O que é  importante: Antes de iniciar uma contracepção hormonal combinada, as mulheres devem informar seu médico sobre qualquer história familiar ou pessoal de trombose . As mulheres que pararam de tomar pílulas anticoncepcionais hormonais devido a um evento trombótico devem procurar orientação médica antes de reiniciar um programa de contracepção. Além disso, a  incidência de eventos trombóticos é  maior nos primeiros meses quando uma mulher começa a fazer uso de contracepção hormonal combinada, então no início do uso  ela deve ser cuidadosamente monitorada quanto a qualquer sintoma de trombose. Conheça os sintomas no link : https://www.clinicatamareiras.com.br/trombose-venosa-profunda-conheca-os-sintomas-suspeitos/

Como regra geral, o risco não é grande o suficiente para as mulheres evitarem tomar contraceptivos hormonais combinados. Eles devem, no entanto, discutir com seu médico sobre fatores de risco para trombose que seriam exacerbados por pílulas anticoncepcionais hormonais combinados.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
👨‍⚕️Dr. Arlei A. Belaus
Cirurgião Vascular CRM 3562 – RQE 705
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
👩‍⚕️Alexandra Secreti Prevedello – Ginecologia e Sexologia
CRM 3561 | RQE 676 | RQE 3319