(66) 3531-9790

Com a idade, principalmente após a menopausa, ocorre uma diminuição e desarranjo das fibras de colágeno ocasionando alguns transtornos localizados e gerais. Na área da ginecologia as principais são: incontinência urinária, flacidez, ressecamento e atrofia vaginal.
O laser genital é uma alternativa de tratamento para estes transtornos que acometem algumas mulheres e prejudicam sua qualidade de vida.
O laser genital de erbium (laser de Er.YAG) é um procedimento ambulatorial, minimamente invasivo e praticamente indolor, rápido (com duração de cerca de 30 minutos) aplicado na parede interna da vagina estimulando a formação de fibras de colágeno.
A ação de estimulação do laser no colágeno melhora o estado da mucosa que reveste as paredes vaginais e promove a reidratação e recuperação de sua elasticidade, espessura e umidade levando uma melhora da lubrificação, diminuição da dor durante as relações sexuais, diminuição da flacidez vaginal e pode ajudar no controle de casos de incontinência urinária leve.
Como resultado, a maioria das pacientes tratadas relata melhora da qualidade de vida e atividade sexual.
O tratamento completo é em torno de 3 sessões com intervalos mensais e sua indicação deve ser individualizada de acordo com a avaliação médica. O uso do laser é uma alternativa para pacientes que não podem fazer uso de terapia de reposição hormonal e apresentam queixas urogenitais. Os resultados podem ser observados aproximadamente um mês e meio após o final do tratamento, pois o processo de estímulo do colágeno leva algumas semanas para ser finalizado.